ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sábado, 28 de agosto de 2010

AGRADECIMENTO AOS MEUS SEGUIDORES

Quando iniciei meu blog sobre a Cidade Baixa de Salvador, não imaginava que havia tanto interesse sobre a mesma. Comecei a organizá-lo movido por uma constatação: não havia outra publicação com os detalhes que conhecíamos e poderíamos transmitir. Por outro lado, lamentavelmente, havia informações truncadas e até inverídicas que não nos cabe aqui citá-las por questões éticas.
E, à medida que íamos publicando cada postagem, foram surgindo os “Seguidores”, hoje em número registrado de 25 pessoas, afora, naturalmente, os que preferem não se identificar.
Acho que devo agradecer a esta “fidelidade” em uma postagem específica como esta.
Por outro lado, fica a promessa de revisão constante do que já foi escrito, de acompanhamento dos comentários, de aceitação permanente de sugestões.



Não acredito que tenha esgotado o que se pode escrever sobre a Cidade Baixa de Salvador. Por esta razão, continuamos pesquisando e à medida que tenhamos novos temas, as postagens serão feitas Agora mesmo, estamos com um deles em elaboração e se refere à pesca em Itapagipe. Entre muitas de suas modalidades uma aconteceu por acaso: pescaram uma baleia na Enseada dos Tainheiros. Mas uma baleia de dimensões avantajadas. Não foi qualquer cachalote por acaso perdido naquelas águas. Foi preciso chamar Valtinho Acarajé para arpoá-la, ele que era um exímio mergulhador e um destemido.
Também estamos pesquisando a culinária de Itapagipe. O modo de comer dos peninsulares. E aí nos perguntamos: teria importância esse tema? Acho que sim! Vejam o que dizem os especialistas sobre a alimentação:

A alimentação é uma preocupação constante na rotina das pessoas. Seja para obter um estilo de vida saudável, seja para perder peso, melhorar a saúde ou, simplesmente, satisfazer uma necessidade fisiológica, comer é sempre bom. Contudo, uma nutrição adequada se preocupa com algumas questões importantes: o que, quando, quanto e como consumir os alimentos.
O grande avanço da ciência na área da nutrição transformou
o simples ato de comer em uma ferramenta poderosa na promoção da saúde”.





Ainda mais e de uma importância extraordinária para todas as pessoas: comer bem e barato. O “papa-fumo” de nossos dias. Há diversas formas de fazê-lo. As nossas marisqueiras haverão de dizê-las. O carapicu, sensacional tira-gosto. Dá de pancada na Ponte de Plataforma. O siri-boia que está desaparecendo ou está diminuindo a cada dia em razão da pesca predatória. O que fazer para que isto não aconteça? Como preparar as diversas espécies de crustáceos? Tem uns duros que ninguém agüenta. É o caso, por exemplo, do rala-coco, o complicadíssimo “trachycardium muricatum.” Será que cozinhando-o com uma cebola dentro da panela, resolveria o problema? Com o polvo ela resolve.

Esta é uma pequena amostra do que poderá ser escrito.Há muita coisa!

Voltando à finalidade principal dessa postagem, aos meus amigos SEGUIDORES, muito obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário