ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

BONDES – ANTECIPAÇÃO DE UMA MODERNIDADE

O bonde foi um dos primeiros meios de transporte coletivo das populações que viviam nas cidades de todo o mundo. Inicialmente, tinham tração animal – um ou dois cavalos – depois se motorizaram, movidos à energia elétrica. Nesta ocasião a tração era feita sobre uma paralela de trilhos com cerca de 1.20 m. entre as duas rodas. Talvez tenha sido esta dependência – andar sobre trilhos – a principal razão de sua extinção. Era uma enorme limitação em comparação com os ônibus que se moviam em todos os sentidos.
Um bonde eletrico de um lado e do outro um bonde puxado à burros

Curiosamente, entretanto, não foram os ônibus que deram prosseguimento ao progresso dos transportes nas grandes capitais. Foram os bondes a fonte de inspiração dos metrôs que hoje transportam milhões de pessoas, geralmente em baixo da terra.

- Mas como assim?


- Eram os bondes que usavam paralelas de trilhos।


- Os trens também usavam paralelas de trilhos e são também velozes que nem os metrôs.


- Sem dúvida, mas os trens não eram movidos à energia elétrica. Os bondes eram e ainda são em algumas cidades. Esta é a grande vantagem dos bondes em relação aos trens numa comparação dessa natureza. Não tem similar na história dos transportes.

Aliás, até que tem. Esquecemo-nos dos novos carros que estão sendo lançados de forma gradual pela indústria automobilística – os carros elétricos. Eles estão chegando como salvação de uma situação global, qual seja a escassez do petróleo cada vez mais acentuada com as guerras do mundo árabe. Senão isto, os preços que se elevam a cada conflito.


Carro elétrico da Renaut
 
Viva então os bondes। Os eternos bondes! Precursores da modernidade de hoje, ou melhor, antecipando-se a ela।

EG

Nenhum comentário:

Postar um comentário