ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

terça-feira, 14 de maio de 2013

BAHIA X VITORIA - FORÇAS IMATERIAIS


Futebol também faz parte da história da cidade, daí enveredarmos por ele nessa postagem. Vamos tratar do clássico Bahia x Vitória. Tradicionalíssimo! O primeiro jogo entre os dois grandes times foi realizado em 18 de setembro de 1932 com a vitória do Bahia por 3x0.
Na antiga Fonte Nova o primeiro jogo entre os dois grandes clubes foi realizado em 1º de Janeiro de 1956 com o triunfo do Vitória por 4x3.
E, como é sabido, o primeiro jogo entre os dois clubes na Arena Fonte Nova foi realizado no dia   17 de abril de 2013 com o triunfo do Vitoria por 5x1.




Após isso, a Arena Fonte Nova ficou sendo o mando de campo do Bahia por acordo firmado com o Governo do Estado. O Vitória continuaria com o Barradão.
Também como se sabe ou se pensa, geralmente o mando de campo de um determinado time é sempre uma vantagem, aí pesando a força da torcida, o conhecimento melhor do gramado, essas coisas do futebol.
Isso não está acontecendo com a Arena Fonte Nova. Apesar de seu mando de campo,  o Bahia já foi derrotado três vezes em seus domínios, a última vez por acachapantes 7x3.
Há quem diga que no tempo de Osório Vilas Boas, Hamilton Simões, Valdemar Costa, Paula Filho, Zelito Bahia Ramos, Benedito Borges e tantos outros grandes tricolores, isto não teria acontecido. Diz-se que àquela época essas pessoas transmitiam ao time uma confiança divina formada nas tradições do clube. Ainda tinha Lourinho com seu boneco exercisado nos terreiros de Salvador.
Tal não estaria acontecendo agora. Os dirigentes atuais não teriam  essa força superior. Tal capacidade!
Não pensamos assim. Achamos que a grandiosidade da Arena Fonte Nova equilibra as influências imateriais de qualquer espécie. Ganha quem tiver melhor time. É o caso do Vitória, atualmente. E olha que somos Bahia. Já fomos até conselheiro, justamente no tempo de Osório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário