ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

FITAS BRANCAS DO SENHOR DO BONFIM

Recentemente noticiou-se que uma indústria baiana vai fabricar exclusivamente fitinhas do Senhor do Bonfim brancas.  Elas terão os escritos dourados.



Foi um “Deus nos acuda” ou “Senhor do Bonfim nos ajude”, conforme ditos populares em situações difíceis.
Não é bem assim!  As fitinhas brancas têm a sua beleza, principalmente com o contraste dourado das letras. Também é inegável o seu realce em meio à profusão de fita de cores.

- Estamos a dizer que o branco não é uma cor?

- Exatamente. O Branco não é uma cor, da mesma forma que o preto. Vejam o que já se escreveu a respeito:

preto não é uma cor e sim um indicador de que ali não há cor. Vejam bem: os objetos recebem a luz branca que, na verdade, é composta pelas sete cores do arco-íris. Absorvem todas menos uma que é refletida. Essa é a cor que você vê. Por exemplo, o tomate absorve todas menos o vermelho, que é a que vemos e assim por diante. Os objetos pretos absorvem todas as cores (que vem em formato de ondas com diferentes frequências) por isso você não enxerga nenhuma delas e se diz por isso que o preto não é uma cor e sim a ausência das cores.

Já o branco é exatamente o contrário, ou seja, não absorve nenhuma cor e reflete todas. Você vê todas elas, compostas, no formato de luz. Logo, o branco também não é uma cor e sim a presença de todas elas.”

E aí, como ficamos de relação especificamente ao branco, desde que ele é a “presença de todas as cores”? Logo, temos que apoiar a ideia da industria baiana que, mesmo sem querer, estamos crendo, começa a fabricar aquela fita que tem em si a presença de todas as demais cores.

Por outro lado, há um detalhe importante nessa fabricação. Termina a exclusividade paulista de fabricação das fitas do Senhor do Bonfim. Por essa razão tentaram até denegrir as tradicionais fitinhas dizendo que “elas nem na Bahia são fabricadas”. (São feitas por uma indústria localizada em Campinas de nome Fita Textil”.)

Agora não! A Bahia inicia a fabricação de uma fita branca que representa todas as outras cores. Tem essa abrangência. É forte. Será um sucesso! É de Oxalá.


Nenhum comentário:

Postar um comentário