ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

quinta-feira, 19 de maio de 2011

AVENIDA 7 – CONFLUÊNCIA COM A CARLOS GOMES

Tem certos pontos de uma cidade que a personaliza fortemente. Salvador, por exemplo, tem marcas inconfundíveis como sendo o Elevador Lacerda, o Farol da Barra, a Colina Sagrada do Senhor Bonfim e tantos outros. Entre esses “outros” tem um que marca com bastante força o centro nervoso da Cidade Alta nas proximidades da Praça Castro Alves.
Estamos nos referindo a confluência entre os princípios da Avenida 7 de Setembro e da Rua Carlos Gomes. Exatamente! Lá está o Edifício Sulacap.


Edifício Sulacap – Marcante!

Não estamos aqui a salientar a beleza do edifício, seu estilo, coisas tais. Queremos ressaltar a importância do local, dizendo melhor, a estratégia de sua localização.
Ali o tráfego de veículos é dividido em partes. Os que vêm da Cidade Baixa através da Ladeira da Montanha seguem à direita pela Rua Carlos Gomes. Aqueles que vêm da Piedade, São Pedro, etc., descem a Ladeira de São Bento.
Mas nem sempre foi assim, claro! Vejamos como era:

O mesmo trecho e destacamos as obras de construção do grande edifício por volta de 1938/39. Um bonde e alguns carros atrás descem a Ladeira de São Bento em direção à Praça Castro Alves. Reparem os dois pares de trilhos, inclusive os que sobem pela mesma ladeira.Dá para perceber o quanto era estreita a nossa Rua Carlos Gomes.

Agora o Edifício Sulacap já erguido em 1940 e aí vemos um bonde subindo a ladeira e um carro atrás. Na Rua Carlos Gomes, ao que tudo indica, homens e máquinas estão no processo de calçamento da rua. Sim, esta rua foi alargada. Vejamos como era:


Antiga Rua Carlos Gomes
Da mesma época- Existia um belíssimo prédio na grande esquina. (esquerda da foto). Foi ele que foi derrubado para dar lugar ao Edifício Sulacap.
Enquanto se pode justificar a demolição do prédio acima para alargamento da tradicional rua, não se pode aceitar a demolição de outros prédios na subida da Ladeira da Montanha. Todos destruídos sem dó nem piedade em prol de que? Repetimos a foto:


 
Referimo-nos aos quatro prédios à direita. Talvez o da esquina devesse ser demolido em razão do alargamento da rua.
E o que surgiu no local?
.
Este estacionamento, recentemente fechado. Horrível! Deprecia o local. Pertence a uma repartição do governo federal, consequentemente, aqueles prédios que vimos na foto anterior foram desapropriados. Conclue-se também que a obra foi da responsabilidade lá de cima. A Prefeitura não tinha dinheiro para tanto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário