ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

quarta-feira, 17 de julho de 2013

PALACIO DA ACLAMAÇÃO FOI UMA RESIDENCIA


Em meados do século XIX Salvador era considerada uma das maiores cidades do Hemisfério Sul. Seu tecido urbano procurava imitar as grandes cidades europeias, inclusive Paris. Na época se construiu grandes palacetes, a maior parte projetada por arquitetos estrangeiros e uso de matérias importados.
Até mesmo no Comercio, se construiu belíssimos prédios, bem como mais adiante em de Itapagipe, como foi o caso principalmente do atual Abrigo D. Pedro II, residência da família Machado.
Na Cidade Alta, há que se destacar o atual Palácio da Aclamação que foi residência do senhor Miguel Francisco Rodrigues de Morais, comerciante na época, português de nascença. Ele o comprara em 1894 da viúva  Anna Carolina Ribeiro Miranda. Morreu em 1895 e sua viúva  Clara Cesar de Morais permaneceu no palacete até o ano de 1911 que o vendeu ao governo por trinta contos de réis, ou seja, hoje o valor de trinta milhões de reais.
Palácio da Aclamação
Jardim
Salão Principal
Mais interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário