ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

TERREIRO DE JESUS – CATEDRAL BASÍLICA DE SALVADOR

A igreja onde é hoje a Catedral Basílica de Salvador teve sua construção iniciada por volta de 1652 e foi concluída em 1672, portanto, levou longos 20 anos para ser levantada. A obra foi uma iniciativa dos padres jesuítas que já tinham erguido o seu colégio no atual Terreiro de Jesus e o completaram, por assim dizer, com o edifício da grande igreja, ao lado.
Por essa razão o templo era conhecido como a Igreja dos Jesuítas. Só se tornou catedral apenas em 1933, quando a Igreja da Sé que era a catedral primacial, foi demolida para dar passagem aos bondes da Companhia Circular de Carris da Bahia.
Sim! Demoliram um patrimônio datado do século XV/XVI para assentar os trilhos onde os bondes dessa empresa pudessem “circular”. É aquela velha mentalidade, tida como inovadora de, em nome do progresso e da modernidade, destruir o que se fez no passado. Isto aconteceu também no Rio de Janeiro e a nível mundial, igualmente, em Paris, creiam todos.
Hoje, os bondes praticamente desapareceram na maioria das cidades do mundo e de forma bastante irônica – no caso de Salvador – de sua existência só temos hoje as marcas dos seus trilhos no assoalho das ruas da Misericórdia por onde caminham os turistas de todo o mundo na busca das relíquias daquele passado destruído. E o que vão encontrar? Os sítios arqueológicos da Praça da Sé com proteção de grades. Deveriam deixá-los “soltos” para que fossem pelos menos pisados ou temem que eles se reergam como que num passe de mágica histórico?




Catedral Basílica de Salvador





Sítio Arqueológico da Sé


A fachada da atual igreja obedece ao estilo denominado “maneirismo” ou “tardo-renascentista" que se caracteriza pelas “fachadas compostas por figuras geométricas, frontões triangulares, janelas próximas ao quadrado e paredes marcadas pelo contraste entre a pedra e as superfícies brancas de caráter bidimensional”..
(Claro que essa descrição é dos entendidos da matéria, aqui reproduzida).

A atual Catedral de Salvador é um exemplo significativo dessa fachada maneirista encimada por volutas e com duas torres, características semelhantes à igreja jesuíta de Coimbra – atual Sé Nova de Coimbra. A Sé Nova de Coimbra, situa-se no Largo da Feira perto da Universidade de Coimbra, na freguesia de Sé Nova.
 



Sé Nova de Coimbra


Não se parecem? Claro que são parecidas, contudo o que mais chama a atenção são os nichos com imagens de santos jesuitas, no caso os padres: Santo Inácio de Loyola e São Luiz de Gonzaga à direita e São Francisco Xavier e São Francisco de Borja à esquerda.

Coincidentemente ou não, os três santos que se vêem na fachada da Catedral de Salvador são Santo Inácio de Loyola, São Francisco Xavier e São Francisco de Borja. Sobrou apenas para São Luiz Gonzaga.

Deve ter sido uma decisão difícil escolher quem seria denegrado. Os quatro tinham histórias impresionantes. A de São Luiz Gonzaga, por exemplo,é significativa pela sua pureza: Patrono da Juventude. Fez votos de vingindade aos 9 anos e morreu como noviço da Companhia de Jesus aos 23, vitimado por contágio com os empestados de Roma. Era Italiano e nobre, filho de marqueses



São Luiz Gonzaga

Vejam essa deliciosa historia a seu respeito:

" Unido a essa feliz propensão de seu caráter e à sua piedade precoce, podia-se perceber nele o borbulhar belicoso do sangue ancestral. Assim é que o Marquês deu-lhe uma pequena armadura, elmo, espadinha e um pequeno arcabuz de verdade. E o levou ao acampamento de Casal-Major, onde deveria passar em revista as tropas que levava consigo para a guerra do rei espanhol contra Túnis.
Um dia Luís, disparando seu arcabuz, chamuscou o rosto. O pai então proibiu-o de utilizar pólvora. Mas ele, travesso e valente, noutro dia, na hora do repouso após o almoço, conseguiu escapar à vigilância de seu tutor, aproximar-se de um canhão e acender-lhe o pavio. O acampamento todo foi despertado com o estrondo, e encontraram o pequeno príncipe estirado ao solo, vítima do coice que recebeu da possante arma”.



Santo Inácio de Loyola


Nascido Íñigo López (Azpeitia, 31 de maio de 1491 — Roma, 31 de julho de 1556) foi o fundador da Companhia de Jesus



São Francisco Xavier

Francisco de Jaso y Azpilicueta, (Xavier, 7 de Abril de 1506 - Nascido em Sanchoão, 3 de Dezembro de 1552) foi um missionário cristão do padroado português e apóstolo navarro। Pioneiro e co-fundador da Companhia de Jesus.

Francisco de Borja e Aragão (São Francisco de Borja)

Nascido em Gandia, Valência, Espanha, 28 de outubro de 1510 – 1572. Foi Duque de Gandia, bisneto do Papa Alexandre VI e bisneto do rei Fernando II de Aragão, e fez-se jesuíta logo após enviuvar। Francisco de Borja foi canonizado em 1671। Seu onomástico é celebrado em 3 de outubro. Exerceu o cargo de Vice-rei da Catalunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário