ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

ELEIÇÕES EM SALVADOR


Este blog foi criado para falar sobre Salvador. Sua história. Em sendo assim, não poderia ficar alheio ao resultado das eleições do último domingo. Venceu o jovem deputado federal ACM Neto, contra um candidato apoiado pela Presidência da República; pelo Governador do Estado, pelo Ex-Presidente desse país e pelo jornal de maior circulação do estado.

Sem dúvida que é um caso incomum e se enquadra perfeitamente dentro daquela premissa de que a política na Bahia é diferente. Efetivamente que o é. Desde os tempos imemoriais. Por exemplo, esta cidade já foi bombardeada por causa de política. Felizmente, o bombardeio a partir dos Fortes São Marcelo, Barbalho e São Pedro, foi anunciado previamente, o que permitiu que boa parte da população se mandasse para o interior e precisamente às 14 horas teve seu inicio, durando quatro longas horas. Foi atingido a Sede do governo, a Biblioteca Pública, o Quartel da Policia Militar dos Barris e inúmeros prédios particulares. Depois travou-se uma guerra campal com muitos mortos.
Forte São Marcelo
 
De quem partiu a ordem? Da esfera federal, segundo o historiador Dias Tavares: “uma resposta ao apelo do juiz feito ao Governo Federal, ou mesmo como muitos aventaram, por interferência direta de J. J. Seabra, o fato foi que o comandante da então 7ª Região Militar, sediada em Salvador e formada pelos estados da Bahia e Espírito Santo,, general José Sotero de Menezes recebeu ordens para agir com rigor e forçar o cumprimento da decisão judicial.”
Como hoje os tempos são diferentes, o bombardeio se não veio através de balas de canhões, chegou com os mesmos requintes perversos que as intervenções federais costumam provocar.
As camadas mais conscientes de nossa população não viu com bons olhos a presença da Presidente em cima do palanque do candidato derrotado.
Não precisava disto! Tiraram a senhora Presidente dos seus cuidados em Brasilia e a envolveram no clima tórrido de Cajazeiras. Ela vem fazendo um bom governo. É uma mulher séria e respeitável. Não deveria ter sido envolvida na política baiana que é diferente, como já se disse.
Mas torpe mesmo foi a publicação feita pelo jornal A Tarde sobre as pesquisas. Disse ele, em síntese, que “duas pesquisas apontam resultados diferentes”. Pegou mal!
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário