ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

domingo, 6 de dezembro de 2015

REPENSANDO SOBRE A PONTE SALVADOR-ITAPARICA

Faz três a cinco anos atrás que se falou muito da construção da ponte Salvador-Itaparica. Faz não faz! Virou uma grande celeuma por vários motivos, entre outros o financeiro e o trajeto da mesma, ou seja, se deveria sair do centro de Salvador ou seguir caminho pelas ilhas da Baía de Todos os Santos: exemplo: Ilha do Medo, Ilha dos Frades, Ilha de Maré, Aratu ou São Tomé de Paripe, que é quase a mesma coisa.



Agora volta a se falar que a sua construção começará no meio do ano seguinte pelo centro da Baía de Todos os Santos.  Não acreditamos que isso se concretize em razão da crise financeira que o País atravessa.

Isso dá oportunidade para repensar melhor sobre o trajeto mais conveniente para sua instalação, se pelo centro da Baía ou se pelas ilhas em seu entorno.

Sou de opinião que a melhor opção é o caminho pelas ilhas e entre outras qualidades, destacamos a saída  do lado de cá. Seria tranquila e sem congestionamento, desde que desembocaria diretamente  na Br. 324- Salvador-Feira de Santana nas imediações da entrada de Aratu, não muito distante da capital.

Baía de Todos os Santos


Já a saída do lado de cá diretamente em Salvador, não enxergamos a possibilidade de encontrar um lugar que não cause grandes congestionamentos.

Os projetistas de plantão, precisam pensar melhor nessa questão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário