ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

SHOPPING IGUATEMI DE SALVADOR MUDA DE NOME- SHOPPING DA BAHIA

Repentinamente Salvador foi pega de surpresa com a mudança do nome do Shopping Iguatemi para Shopping da Bahia. Que teria acontecido? De imediato seus diretores informaram que se tratava de uma homenagem à Bahia nos 40 anos do grande shopping.

A verdade, contudo, é outra. O Shopping vinha pagando vinte mil reais mês pelo uso da marca Iguatemi que pertence ao grupo Jeressati proprietário do Shopping Iguatemi de São Paulo.

Efetivamente é uma despesa salgada que perfaz o total anual de duzentos e quarenta mil reais. Não se pode contestar.


Shopping Iguatemi de São Paulo

Um detalhe de suas instalações internas (muito bonito)

Shopping da Bahia

Enquanto o Shopping da Bahia resolve seus problemas, a batata talvez esteja esquentando para os prédios e até Igreja que usam o nome Iguatemi em sua faxada. Eles não tiveram autorização dos detentores da marca.

Amarga também é a situação do bairro onde se localiza o shopping que, apesar de se chamar oficialmente, Caminho das Árvores. era mais conhecido como Bairro do Iguatemi. Não deixa de ser uma perda de identidade.

A situação também atinge as empresas de ônibus que terão que mudar o nome Iguatemi para, talvez  Shopping da Bahia. Nada lhes atinge.

O ônibus à esquerda está usando a placa Iguatemi

Não poderia encerrar essa postagem sem antes nos referirmos a uma grande coincidência. O terreno onde está o Shopping Bahia pertenceu à família dos Saldanhas (Jaime Saldanha foi preparador do Tricolor por um bom tempo, é filho do dono do terreno). Foi comprado por Alfredo Saad que foi Presidente do clube nos anos 1971\72. Era um homem rico. Morava no EdifÍcio Oceania. Pelé quando vinha à Salvador ficava hospedado no apartamento dele. Artistas da televisão também.

Dizem as más línguas que Saad para ganhar a eleição do clube prometeu a todos (imprensa inclusive)que construiria um estádio para o clube no terreno onde é hoje o Shopping. Chegou até a colocar uma placa anunciando a construção do mesmo: AQUI SERÁ CONSTRUÍDO O ESTÁDIO DO BAHIA.

Alfredo Saad e seu imaginário estádio

Meses depois começaram as obras. Tratores de todos os lados. Os tricolores estavam eufóricos. Cartavam em cima dos rubros negros, mas, todavia, a movimentação de terra não era para construção do estádio e sim para a construção de um shopping (Shopping Iguatemi). 

Saad tinha vendido o grande espaço, um dos melhores da cidade, ao sr. Jeressati, proprietário na época do Iguatemi de São Paulo.

E onde está a coincidência. Simplesmente no nome Shopping da Bahia quando poderia ser Estadio do Bahia. Coisas da vida!


Nenhum comentário:

Postar um comentário