ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sábado, 10 de novembro de 2012

MEU BAIRRO QUERIDO – CENTRO



Hoje pouca gente mora no chamado “centro” de Salvador, mas no principio dessa cidade e durante um bom tempo, a população concentrava-se nesse espaço. Duas portas, uma ao sul denominada  Santa Luzia e outra ao norte, Santa Catarina, limitavam seu espaço.
Só nas proximidades de 1600 houve a expansão da cidade, inicialmente para o norte quando se iniciou o Pelourinho e o bairro de Santo Antônio.
Hoje, quase que obrigatoriamente, grande número de pessoas circula pelos seus espaços, principalmente vindas através o Elevador Lacerda ou subindo a Rua Chile a partir da Praça Castro Alves e ainda alçando-a pela Ladeira da Praça e Praça da Sé, através a  Rua da Misericordia.
É um centro bonito. Alto. Vê-se a Baia de Todos os Santos através o belvedere da Praça Municipal.
Ao seu redor, por todos os lados, depara-se com majestosos palácios e extraordinárias igrejas que fizeram uma história muito bonita de Salvador.

Hoje pouca gente mora no chamado “centro” de Salvador, mas no principio dessa cidade e durante um bom tempo, a população concentrava-se nesse espaço. Duas portas, uma ao sul denominada Porta Santa Luzia e outra ao norte, Porta Santa Catarina, limitavam seu espaço.

Só nas proximidades de 1600 houve a expansão da cidade, inicialmente para o norte quando se iniciou o Pelourinho e o bairro de Santo Antônio.

Hoje, quase que obrigatoriamente, grande número de pessoas circula pelos seus espaços, principalmente vindas através o Elevador Lacerda ou subindo a Rua Chile a partir da Praça Castro Alves e ainda alçando-a pela Ladeira da Praça e Praça da Sé, através a  Rua da Misericordia.

É um centro bonito. Alto. Vê-se a Baia de Todos os Santos através o belvedere da Praça Municipal.

Elevador Lacerda
Palacio Rio Branco
Prefeitura
Câamara Municipal



Igreja da Misericórdia
Igreja D'Ajuda
 
Rua da Misericórdia
Rua Chile
 
Praça Castro Alves
 Rua D"Ajuda

Rua Rui Barbosa

Rua do Saldanha

Rua Rui Barbosa - Saida para a Lad. da Praça
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário