ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

CRESCIMENTO DE SALVADOR PELAS ENCOSTAS DA SÉ E DE SÃO FRANCISCO

Enquanto a aristocracia construía no alto do morro, haja vista Santo Antônio, os mais pobres procuravam as encostas para fazer suas moradias.
Então, pelo visto, o problema das encostas não é de hoje? Já vem dos tempos de Tomé de Souza e Mem de Sá, Duarte da Costa, etc... Sim! Do lado interno da Sé e Terreiro de Jesus,(contrário ao mar), temos as chamadas encostas da Sé e de São Francisco em descida para a Baixa dos Sapateiros. Aí foi construída grande parte da Salvador menos abastada entre os séculos XVI e XVIII.

Acima visão aérea do Google dessa região। Dentro dos traçados vermelhos encontram-se as encostas da Sé e de São Francisco। Em baixo a Av J.J. Seabra – Hoje Baixa dos Sapateiros। Nesse espaço as residências já não eram mais de dois e até três andares. Eram térreas, como se costuma dizer. No principio das ruas ainda se construía algumas com dois andares, mas em seguida a estrutura baixava. As fotos a seguir mostram o detalhe.




Felizmente, essas encostas nunca deram grandes problemas como agora se vê no Rio de Janeiro. Certamente a causa dessa estabilidade resulta da estrutura maciça existente tanto na Praça da Sé como no Terreiro de Jesus, o que impede o desmoronamento da parte mais alta e conseqüente deslizamento. As águas correm fluentes sobre a camada superior, feita de pedras “cabeça de nego” ou de paralepípedo em alguma poucas ruas. Fala-se também que no local existem grandes galerias para descarrego de água pluvial, às vezes confundido com subterrâneos construídos pelos padres.

Em verdade, Salvador foi uma cidade planejada. Muitos a consideram a “cidade ideal” com base numa planta semelhante àquilo que os arquitetos europeus consideram como tal.

Olhando o traçado de suas ruas no que se refere ao setor construído por Tomé de Souza, percebe-se que as quadras e praças são todas regulares, semelhante a um quadrado, como se fizesse parte de um grande tabuleiro de xadrez।


Um grande tabuleiro de xadrez

Nenhum comentário:

Postar um comentário