ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

DESTAQUES DO CAMINHO DE AREIA

Nas últimas quatro postagens, tratamos das vias de acesso ao que chamamos “miolo da península”: Caminho de Areia, Rua Henrique Dias, Avenida Dendezeiros do Bonfim e Avenida Luiz Tarquínio.

A partir d’agora vejamos o que se pode destacar de importante em cada um deles.
No Caminho de Areia há que se destacar os bairros de Jardim Cruzeiro, Machado e Massaranduba. (O nome correto é Maçaranduba, mas ficou sendo chamado de Massaranduba com dois “s”).

Caminho de Areia - Hoje Av. Tiradentes

Esses bairros nasceram do aterro de grande parte da Enseada dos Tainheiros que chegava às proximidades e até alcançava o bairro do Uruguai. Isto ocorreu por volta de 1940. Itapagipe tinha sido nomeado como aterro sanitário de Salvador.
Isto mesmo. Aterro sanitário! Toda a sujeira proveniente da Cidade Alta era despejada no espaço onde é hoje esses bairros. Com ajuda de produtos químicos, principalmente sulfato de cobre e alguma areia e barro, consolidou-se o terreno.

Verdade que o mar já tinha sido invadido pelas palafitas. O aterro encobriu tudo. E os que tinham a posse das mesmas, ganharam a propriedade do terreno. Daí surgiram os bairros sem nenhuma ordenação urbanística, sem nada.

Neste particular, a Prefeitura perdeu uma grande oportunidade de planejar algo pelo menos digno. Deixou ao Leo. É como se diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário