ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sábado, 17 de outubro de 2009

AS IGREJAS DA PENINSULA




São várias as igrejas da Península. Todas tradicionais e muito bonitas. Vamos focalizá-las de forma individual. Começaremos pela do Senhor do Bonfim, a mais importante delas.

Segundo alguns, a fachada da igreja é barroca e o interior neoclássico. Entretanto, esta classificação não é unânime. Existem outras citações como sendo recocó, renascentista, neoclássico e tantos outros estilos. Não pretendemos engrossar este caldo arquitetônico, contudo, podendo ajudar no encontro de uma unanimidade, não há porque não fazê-lo e o fazemos de uma maneira muito prática, qual seja, comparando a fachada da igreja com outras que já tem seus estilos definidos pelos entendidos.

Igreja estilo rocócó em Minas Gerais

Há de se notar uma diferença nas torres das duas igrejas. Na igreja mineira suas torres são mais delgadas, como que arrendondadas e não possui muitos retoques. No mais são bem parecidas. Tem mais semelhanças do que diferenças. Diante dessas dúvidas, há quem saia pela tangente, classificando o estilo da igreja do Senhor do Bonfim como rococó-barroco ou barroco-rococó. Uma saída assás inteligente! Uma mistura das duas!
 
Corredor azuleijado

O interior da igreja é maravilhoso. Acima um dos seus corredores com trabalhos em azulejos importados.


Detalhe dos azulejos


Belíssimos quadros decoram seu interior.


Morte do Pecador





Morte do Justo



Chafariz e a Igreja



(Segue em outra postagem)








 

Nenhum comentário:

Postar um comentário