ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

LARGO DO BONFIM

Propositalmente, na abordagem dos largos de Itapagipe, deixamos por último o Largo ou Adro do Bonfim. Fica no alto da colina. É um largo relativamente pequeno nas suas dimensões, mas enorme na sua importância histórica e religiosa.
Até pouco tempo atrás era chamado Praça Teodósio Rodrigues de Farias. Por quê? Esta pessoa foi um dos grandes responsáveis pela construção da Igreja do Senhor do Bonfim que enriquece o local. Foi ele também quem trouxe as imagens do Senhor do Bonfim e Nossa Senhora da Guia de Portugal, por volta de 1740. Cumpria uma promessa. Também foi ele quem fundou a Irmandade dos Leigos que hoje tem o nome de Devoção do Senhor do Bomfim (com m), desde que foi registrada dessa forma. Não critiquem o erro gramatical. Foi cometido há tanto tempo atrás! Nos tempos atuais, a nossa querida Prefeitura espalhou por diversos lugares da península, placas indicativas de trânsito com o mesmo erro gráfico. Vejam uma delas, para não se pensar que é balela.


Bomfim com "m"
Há muita coisa a se falar sobre Largo do Senhor do Bonfim e sua tradicional igreja. Deverá merecer uma postagem toda especial ou várias postagens. Por enquanto, vejamos a evolução do local, bem como algumas fotos da própria igreja tempos atrás, onde ela aparece ainda sem os gradis e até detalhes mais sutís do seu aspecto exterior. Também falaremos dos seus antigos acessos.


Gravura de 1800
Ainda não existia a atual Ladeira do Bonfim. No local onde hoje ela está, percebe-se duas casas, possivelmente de uma fazenda então existente no local. O acesso ao alto da colina se fazia pela direita, onde hoje é a Ladeira dos Romeiros.
                                                  Datada de 1800

Vimos recentemente uma citação de que a segunda torre da igreja teria sido levantada por volta de 1873. A foto acima mostra que não. Também esta foto mostra-nos a igreja sem os gradís, bem como somente com um lance de degraus. Hoje são dois.
Dois lances de degraus


Uma diferença interessante entre aqueles tempos e os de hoje, diz respeito ao acesso à colina. Vimos que em 1800 era feito por um elevado onde se encontra hoje a Ladeira dos Romeiros, à direita de quem sobe. Não era suficiente. Aí começaram as idéias de criar um acesso à esquerda do morro.

                                                       
Hoje a principal ladeira

Por fim, por enquanto, desde que voltaremos a falar dessa igreja, a própria com todo o seu esplendor de hoje (foto tirada em 15/10/09)


Igreja do Bonfim
Igreja do Senhor do Bonfim, ou será mesmo com "m": Bomfim das coisas boas, das esperanças, dos milagres, de Itapagipe. Dos meus tempo de juventude. Quanta saudade!

mais fotos:















Um comentário:

  1. acho que as primeiras fotos de qualidade, capaz de ficar estável depois de dezenas de anos so foram possivel depois do fim do seculo 19, acho que nao é possivel de datar a foto de cima de 1800... obrigado, e parabens para seu blog!!

    ResponderExcluir