ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sábado, 17 de outubro de 2009

- IGREJA SENHOR DO BONFIM - SEGUNDA PARTE

Numa parte à direita da Igreja, acha-se a sala dos Milagres. Nela os devotos colocam peças de cera ou parafina representando partes do corpo humano, simbolismo de uma graça alcançada ou a alcançar. Em troca, esses devotos levam consigo uma fita do Senhor do Bonfim, segundo reza a melhor tradição.

Sala dos Milagres

Gradís e escadarias

Esse gradil de ferro foi resultado de uma doação feita pelo negociante português Comendador José Pinto Rodrigues da Costa em 1863, que encomendou o trabalho ao serralheiro de nome Feliciano José.
                                                                       

Casas dos Romeiros
Diz-se que essas casas eram destinadas aos romeiros quando vinham ao Bonfim. Certamente eram alugadas por determinado tempo. Teriam sido construídas pela Irmandade Senhor do Bonfim . Nos idos de 1940/50 tornaram-se residências de famílias de Salvador. Não é por acaso que a família de um ex-zelador da igreja morava numa delas.

Balaustrada ao lado contrário das casas dos Romeiros


Ladeira do Bonfim

Ladeira dos Romeiros
A Ladeira dos Romeiros foi o primeiro acesso construído em direção à Igreja. Teria sido anterior à própria Ladeira da Lenha que fica atrás da igreja.

Lateral da Igreja
Vista do fundo











Nenhum comentário:

Postar um comentário