ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

segunda-feira, 11 de abril de 2011

DESTAQUES DA GRAÇA – AVENIDA PRINCESA LEOPOLDINA

O nosso andarilho após ter alcançado o atual Largo da Graça, não vê outro caminho em direção à Vila Pereira senão virando a direita pela hoje Princesa Leopoldina. Raciocinou fácil! Quando estava no hoje Largo da Vitória não pôde ir em frente. Não havia passagem que desse em Vila Pereira. Sabia que ela estava atrás do morro de Santo Antônio. Pegou o caminho da atual Rua da Graça e alcançou o largo, como já foi dito. Este caminho era como que uma sequência do corredor que liga o Campo Grande ao Largo da Vitória. Inclina-se para a esquerda. É a Graça! Para os lados, tanto do mar quanto da terra, depressões do terreno ou grandes vales. Nesse último caso – Vale do Canela e do Chame-Chame.

Representação- O traço azul é o caminho e os compactos verdes são as depressões e os vales da área. O terminal do traço (em baixo) é a esquina entre as avenidas das princesas – Leopoldina e Izabel. Para uma melhor referência, nesse final está hoje uma loja da Perini. Antes funcionava a sede do Clube Baiano de Tênis que se limitou apenas ao espaço existente no vale da Barra Avenida.

Perini

Hoje em dia, na Avenida Princesa Leopoldina, rigorosamente, só sobraram duas mansões das muitas que existiram no local:


Mansão dos Carvalhos Esta mansão foi tombada pelo IPHAN

E esta pertencente à família Soares da Cunha. Os Soares da Cunha são pioneiros na Medicina Homeopática na Bahia. Tem lojas em alguns pontos da cidade.

Atualmente ela é assim:

Av, Princesa Leopoldina


Nenhum comentário:

Postar um comentário