ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

terça-feira, 12 de abril de 2011

DESTAQUES DA GRAÇA - HOSPITAL PORTUGUES



A Princesa Leopoldina faz esquina com a Princesa Izabel que segue em direção ao Porto da Barra. Na esquina entre essas duas ruas acha-se o Hospital Português, tradicional instituição que honra o setor na Bahia.



Igreja


Hospital Português – Lado da Princesa Izabel Belíssimo conjunto Inicialmente, o Hospital Português funcionou onde é hoje o Hospital da Sagrada Família em Monte Serrat, tendo sido inaugurado em 16 de janeiro de 1806. Só se transferiu para a Graça em 1931.  Antigo Hospital Português
 
O nome oficial do Hospital Português é Sociedade de Beneficência Dezesseis de Setembro. A transferência para a Barra Avenida foi precedida de intensa procura por um terreno mais no centro da cidade e que permitisse novas edificações. O Corredor da Vitória onde existiam inúmeros casarões à venda foi o local focado inicialmente. A Graça também. Na Vitória tentaram inicialmente um casarão da família Salvão, mas a idéia foi descartada. Também as mansões do Senhor José Joaquim Fernandes Dias e Antônio Carlos Soveral, foram tentadas. Por fim, compraram o Palacete José de Sá na Av. Princesa Izabel, 2 com escritura lavrada em 22 de agosto de 1930.O prédio de Monte Serrat foi vendido às Irmãs Franciscanas Hospitaleiras Portuguesas e em 6 de janeiro de 1938 foi instituído o Convento da Sagrada Família.
 


 

Hospital Português – Av. Princesa Izabel
 


Hospital Português

O Hospital Português até poucos anos atrás, restringia-se à parte hoje voltada para a Av. Princesa Izabel, aliás, onde é o seu endereço postal. Num prolongamento lateral na Av. Princesa Leopoldina, veio a construir uma extensão bem maior que a parte original e em mais dois ou três locais na Av. Princesa Izabel, fez novas expansões de qualidade, o que demonstra seu grande progresso. Fato curioso nessa expansão se deu em relação ao imóvel situado à Av. Princesa Izabel número 13, situado entre a igreja e uma das extensões procedidas.
 Av. Prinicesa Izabel
 


Diga-se de passagem, esse imóvel de dois andares, encontra-se desabitado há muito anos e em processo de deterioração. Ele está localizado entre a igreja e um dos anexos do hospital. Uma posição deveras estratégica. Apesar do assédio de compra feito pelo hospital, seu proprietário resistiu por muitos anos a qualquer proposta apresentada. Dizem que, somente agora, o mesmo resolveu vender. Não deve ter sido barato. O 13 valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário